Nós defendemos a observância de horários naturais mundialmente, facilitados por fusos horários geograficamente apropriados. A História e um corpo crescente de estudos científicos mostram que tal é essencial para a saúde, a segurança, a educação, o trabalho, a economia, o meio ambiente e os direitos humanos.

Visite os nossos grupos membro e junte-se à iniciativa por horas legais saudáveis, justas e naturais!

Plataforma da Aliança Internacional pela Hora Natural

A 10 de Outubro de 2020, defensores europeus e norte-americanos da saúde, defensores por uma melhor gestão do tempo (“time-use”) e ONGs, suportados por cronobiologistas, neurocientistas e economistas, formaram uma aliança internacional para aumentar a consciência pública e política da necessidade da instauração permanente dos fusos horários naturais que são geograficamente apropriados para cada estado. Procuramos fornecer, aos cidadãos e legisladores, informações completas, fidedignas, relevantes e essenciais para o acerto dos relógios civis.

consulte mais…

Um impressionante e crescente corpo de estudos científicos e casos do mundo real mostram que viver em fusos horários que não estão alinhados com nossos relógios biológicos internos é aguda e cronicamente prejudicial.

O desalinhamento com nossos relógios biológicos internos: aumenta significativamente as taxas de privação de sono, distúrbios do sono, depressão, distúrbios metabólicos, obesidade, doenças cardiovasculares, cancro e mortalidade prematura; perturba o tráfego e o trabalho com desempenho reduzido e aumento de acidentes; prejudica a educação e a capacidade de aprendizagem; altera as horas de atividade humana, aumentando o consumo de combustível e o desperdício de energia. Tal sobrecarrega desnecessariamente os sistemas de saúde, as economias e o meio ambiente.

O desalinhamento agudo com nossos relógios biológicos internos é imposto à sociedade por meio de mudanças bianuais da hora legal, no início da primavera e a meio do outono. O desalinhamento crónico é imposto à sociedade pela adoção de fusos horários longitudinalmente inadequados. A instauração permanente do fuso horário mais próximo do tempo natural de um país ou região autónoma, conforme definido pelo sol, resolve os dois problemas de maneira simples e fácil.

É um direito humano viver em condições que permitam o mais alto padrão possível de saúde física e mental. Fusos horários naturais permanentes e geograficamente apropriados: irão melhorar a quantidade e a qualidade do sono; beneficiarão a saúde mental, a saúde física, a longevidade e o desenvolvimento do adolescente; melhorarão a segurança, o estado de alerta e o desempenho nas estradas, na escola e no trabalho; em países grandes com vários fusos horários, terão um efeito positivo no mercado interno, como se tem aliás demonstrado; reduzirão despesas, poluição e mudanças climáticas; proporcionarão os benefícios do dia e da noite naturais em todas as estações, de forma equilibrada e saudável. Tal, é um aspecto vital de uma sociedade justa e sustentável.

Instamos a União Europeia, as suas autoridades nacionais, e os governos federal, estadual e provincial dos Estados Unidos e do Canadá, a reconhecer as provas científicas disponíveis, fornecidas pelos principais investigadores mundiais em cronobiologia e ciências ambientais, e a instauração de fusos horários geograficamente apropriados às suas regiões o mais breve possível.

Para cada estado a sua respectiva hora natural!

Presidentes Nacionais

person

Ann Ceusters

Vereniging Tegen het Zomeruur

Bélgica 🇧🇪

LinkedIn

person

Ariadna Güell Sans

Barcelona Time Use Initiative

Espanha 🇪🇸

LinkedIn

person

João Lipinsky Nunes PhD

BetterTimes

Portugal 🇵🇹

LinkedIn

person

Manuela Lipinsky Nunes

BetterTimes

Alemanha 🇩🇪

LinkedIn

person

Ticia Luengo Hendriks

Platform Betere Tijden

Países Baixos 🇳🇱

LinkedIn

person

Jay Pea

Save Standard Time

Estados Unidos 🇺🇸 & Canada 🇨🇦

LinkedIn

person

Christina Svensson

Normaltid Alltid

Suécia 🇸🇪

LinkedIn